Agrosoft Brasil

Agrosoft: Um jeito gostoso de ficar bem informado!
Leia o Agrosoft do seu jeito: Email - Facebook - Twitter - Blogger - RSS

A arte de esculpir em frutas e legumes

Publicado em 23/03/2010 na seção noticias :: Outros formatos: Texto e PDF

O chef internacional Charlie Malinchik é especialista na arte tailandesa de esculpir legumes e frutas há 17 anos. Em 1992, ele foi para Tailândia, lá conheceu a cultura, a tradição e a arte de entalhes de frutas e legumes. Um ano após o aprendizado, Charlie começou a fazer suas esculturas por onde passava, o que o tornou mundialmente conhecido nesta área.

Créditos: Arquivo Pessoal
Clique na imagem para vê-la no seu tamanho original.

Charlie Carving, como é conhecido, nasceu na Austrália, engenheiro de aeronaves por formação e está no Brasil há quatro anos. Ele diz que sempre gostou de gastronomia e é apaixonado pela arte de criar esculturas em frutas e legumes.

O chef veio para cá após conhecer sua esposa, que é brasileira. A nutricionista baiana Célia Barreto conta ter conhecido o marido em uma viagem à Austrália. Lá, ela estudaria inglês para aperfeiçoamento na carreira profissional. Os dois se casaram e hoje moram em Praia Grande.

Malinchik adquiriu experiência em vários continentes, como Ásia, Europa e Oceania. O chef se formou em 2002 na prestigiada Sydney Seafood. Mas é no Brasil que ele difunde a cultura tailandesa.

O australiano também é barista e food stylist. Além disso, ele dá aulas na Carving Studio, onde é proprietário, uma escola completamente nova no entalhe de legumes e frutas.

Hoje, Malinchik viaja pelo Brasil ensinando a arte de transformar nabos, abóboras, maçãs, morangos e melancias em pássaros, rosas, árvores e outros. Os cursos, que custam entre R$ 150 à R$ 220, são abertos a qualquer pessoa.

Charlie tem uma teoria: mostrar para os alunos como este ramo pode ser lucrativo, mas ressalta que, para isso, a pessoa tem que fazer um bom trabalho. "Dá para ganhar dinheiro fazendo as obras, mas requer empenho e trabalho. Uma obra já demorou sete horas para ser feita, e foi exibida no programa Superpop na Rede TV, em 2008", disse o chef.

Ele conta que certos alimentos são difíceis de trabalhar. Uma vez, Malinchik foi esculpir uma melancia e teve que refazer a obra três vezes, pois as frutas rachavam após estarem quase prontas. Se uma escultura leva três horas para ficar pronta, multiplique por três tentativas. O preço das esculturas variam de R$ 70 a R$ 150, mas há exceções. Para que uma escultura de fruta ou legume não oxide, Carving borrifa uma "mistura secreta", que ele garante fazer efeito e ainda sim serem consumidos. Nada é desperdiçado.

HISTÓRIA

A arte de esculpir frutas e legumes começou na China, há aproximadamente dois mil anos, para decorar placas e eventos, chegando aos restaurantes e grandes celebrações. A técnica chegou à Tailândia em 1364, importada da China. Relatos históricos contam que uma princesa do palácio decorou pela primeira vez frutas e esculpiu vegetais em uma comemoração. Ao ver isso, o rei resolveu levar esta arte para seu uso na corte.

Em 1932, essa arte começou a ser ensinada a professores, e passou a ser mais uma das manifestações artísticas oficiais como a música, pintura, e dança. A diferença entre a China e a Tailândia em esculpir frutas e legumes é que os chineses fazem figuras e imagens alegóricas de suas histórias e lendas, como dragões e elementos que remetem guerras e vitórias. Já os tailandeses esculpem principalmente flores e elementos ligados à natureza e à religião budista.

MAIS INFORMAÇÕES

Carving Studio

FONTE

Unisanta

AGROSOFT
Um jeito gostoso de
ficar bem informado!
Leia o Agrosoft do
seu jeito:
Email
Facebook - Twitter
Blogger - RSS