Agrosoft Brasil

Agrosoft: Um jeito gostoso de ficar bem informado!
Leia o Agrosoft do seu jeito: Email - Facebook - Twitter - Blogger - RSS

Portal do Professor oferece modelos de aulas e ferramentas multimídia

Publicado em 16/10/2008 na seção noticias :: Outros formatos: Texto e PDF

Os professores do ensino fundamental e médio podem diversificar as aulas, torná-las mais atrativas e conhecer o trabalho de outros colegas espalhados pelo país ao acessar o Portal do Professor. Gratuito, o portal oferece modelos de aulas de acordo com cada etapa do ensino e disciplina, recursos multimídia, cursos de formação de professores, um jornal voltado para o dia-a-dia da sala de aula, links diversos, fóruns, blogs e várias outras opções. Entre as ferramentas há fotos, mapas, vídeos e animações.

Créditos: Divulgação
Clique na imagem para vê-la no seu tamanho original.

"São 1.664 recursos multimídia", informa a coordenadora do portal, Carmem Prata. Entre as aulas disponíveis, há 42 relacionadas aos anos iniciais do ensino fundamental e 93 voltadas para os anos finais. Outras 178 podem auxiliar o professor do ensino médio. De acordo com Carmem, a intenção é dar prioridade ao desenvolvimento de metodologias de ensino com o apoio de recursos multimídia.

"Procuramos descobrir como um vídeo, uma pesquisa, uma animação podem ser inseridos na aula de maneira que ela fique mais interessante e influencie no aprendizado", afirma Carmem. Os simuladores são um exemplo de como a ferramenta virtual pode ajudar no processo de ensino e aprendizado. Carmem explica que eles são como laboratórios virtuais. Assim, o professor ou o aluno pode fazer experimentos de física, por exemplo, apenas com o uso do computador. "A pessoa pode simular uma pedrinha sendo jogada para descobrir a velocidade dela", exemplifica.

Além de assistir às videoaulas, os professores podem comentá-las e até aperfeiçoá-las. Ao final de cada uma, há um espaço para comentários que incentiva o debate metodológico. O professor Nílton de Sousa, do curso de pedagogia da Universidade de Brasília (UnB), elaborou uma aula sobre a Amazônia, colocou-a no portal e gostou da repercussão. "Um professor do Pará achou ótimo", afirma. "Ele melhorou meu plano de aula e fez uma segunda versão, que está no site."

Nílton participou da elaboração dos primeiros planos de aula disponíveis no portal para ajudar os professores a trabalhar os conteúdos da educação básica em sala. "Mas agora o projeto anda sozinho. Os professores estão colocando suas próprias aulas, comentando as que já estão disponíveis, usando os recursos", diz. Os dados comprovam o interesse crescente dos professores. Em pouco mais de três meses, desde que o portal foi criado, houve 252.585 acessos.

Para Nílton, o espaço virtual é inovador porque congrega colegas do país todo e permite que cada um adapte o conteúdo disponível a sua realidade, com o uso das ferramentas disponíveis. Ele tomou tanto gosto pelo projeto que decidiu usá-lo nas aulas de graduação ministradas aos futuros pedagogos da UnB. "No lugar de uma avaliação final, meu alunos terão de produzir planos de aula para o portal."

No Portal do Professor também são oferecidos vídeos da TV Escola, textos e apostilas para orientar o professor, todo o conteúdo dos cursos que o Ministério da Educação (MEC) oferece, como o Pró-Letramento e o Proinfantil, links para as rádios e tevês universitárias, comunidades virtuais, blogs, chats e fóruns. O professor tem acesso grátis e sem necessidade de senha a todo o conteúdo do portal, exceto o espaço de criação de aulas, para o qual é preciso fazer o registro.

FONTE

Ministério da Educação
Maria Clara Machado - Jornalista

AGROSOFT
Um jeito gostoso de
ficar bem informado!
Leia o Agrosoft do
seu jeito:
Email
Facebook - Twitter
Blogger - RSS